Aprender sobre autismo é um esforço constante

4/06/2019 | Inspiração | 0 Comentários

Organizações internacionais são uma boa fonte de materiais sobre TEA.

Famílias de portadores de TEA costumam se tornar especialistas informais no assunto, afinal o autismo é uma condição muito particular e a troca de informações com médicos, cuidadores, professores e outros pais garante alívio e apoio. Além das diversas instituições e profissionais que trabalham para melhorar a vida dos autistas no Brasil, nós buscamos inspiração em organizações estrangeiras que se destacam em suas comunidades.

Autism Speaks | A organização americana criada em 2005 concentra a sua atuação no incentivo a pesquisas científicas e no atendimento direto a famílias de portadores, inclusive com uma rede de atendimento por telefone que tira dúvidas sobre o TEA. Vale a pena consultar a página Newly Diagnosed, com informações para famílias de portadores recém-diagnosticados. As cartilhas trazem um plano de ação para os 100 primeiros dias de adaptação e um guia para os adultos cuidadores de um portador de TEA.

Autism Society of America | Com mais de 50 anos de atuação, a entidade faz um trabalho notável em políticas públicas para o TEA. Vale destacar no site a página dedicada ao relacionamento dos portadores de TEA com os irmãos. As orientações abordam as principais fonte de estresses entre os irmãos, como explicar o autismo para crianças com desenvolvimento típico, como ajudar os irmãos a criarem uma relação afetuosa e como lidar com momentos especiais para a criança autista e os irmãos.

 

Materiais gratuitos para professores que cuidam de crianças autistas.

National Autistic Society | Uma das principais referências em educação para TEA, a instituição inglesa mantém escolas de educação especial para crianças autistas dos 4 aos 21 anos. A página para professores tem um acervo gratuito de materiais de apoio para o ensino de crianças autistas da pré-escola ao ensino médio. As orientações incluem desde como reconhecer os sinais e estratégias para o cotidiano da sala de aula até questões mais complexas, como a transição da escola para universidade e bullying.

Federation for Children with Special Needs | Com ênfase na inclusão de indivíduos com todos os tipos de necessidade especial, a federação americana é uma das poucas entidades estrangeiras a produzir conteúdo em português. Além dos informativos sobre as iniciativas locais, a página de Newsletters apresenta textos sobre rotina e os cuidados que envolvem uma criança especial, como as orientações na hora de começar o jardim de infância em uma escola regular e a importância do envolvimento da família na vida escolar de crianças e adolescentes.

Você já conhece as nossas cartilhas sobre TEA? São materiais gratuitos que abordam as características do transtorno e apresentam ferramentas para criar uma rotina saudável para o portador.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *