5º Simpósio de Atualização debate causas e novidades no tratamento do autismo

8/04/2019 | Eventos e Cursos | 0 Comentários

Com sucesso de público, evento debateu as causas genéticas do autismo

Parte da comemoração do Abril Azul 2019 do programa Autismo e Realidade, a 5ª edição do Simpósio de Atualização em Transtorno do Espectro Autista foi realizada no sábado 06/04. Com sucesso de público, o evento foi organizado pela comissão científica composta da Dra. Joana Portolese e do Dr. Edson Amaro, e realizado pelo Instituto PENSI. O foco principal do do evento neste ano foi a discussão sobre as causas genéticas do autismo e novidades no tratamento do distúrbio.

A abertura do evento foi realizada pelo Dr. José Luiz Setúbal, presidente da fundação que leva o seu nome e que é a mantenedora do Instituto PENSI e do Autismo e Realidade. A programação começou com a participação da jornalista especialista em saúde, Natalia Cuminale, que falou sobre como reduzir o estigma dos transtornos mentais na infância e adolescência, e da promotora de justiça Dra. Sandra Massud, que abordou leis e direitos das pessoas com TEA. Na sequência, a segunda mesa se concentrou nos aspectos genéticos dos distúrbios. O médico geneticista Rodrigo Fock falou sobre testes genéticos e os momentos em que eles são indicados. Já o pesquisador Murilo Cervato apresentou um panorama das estratégias de bioinformática para análise dos dados de testes genéticos complexos na realização e interpretação de exames genéticos. O encerramento foi feito pela pesquisadora geneticista Andrea Sertie com a palestra “Desvendando as causas genéticas do TEA”.

Inovações no tratamento e os benefícios da abordagem multidisciplinar também foram temas do simpósio

Na parte da tarde, a programação começou com foco no diagnóstico e novidades no tratamento. Primeira a falar, a neuropediatra Eliete Chiconelli apresentou a mesa sobre Neurodesenvolvimento, seguida da análise do psiquiatra da Infância e Adolescência, Fernando Sumiya sobre contribuições da tecnologia no diagnóstico. Encerrando o bloco, o psiquiatra Fábio Sato apresentou a palestra “Efeitos da medicação na Intervenção”.

A parte final do evento teve como tema especial os benefícios da abordagem multiprofissional no tratamento. A comunicação foi tema de duas análises, da psicóloga Fernanda Orsati (comunicação alternativa) e da fonoaudióloga Deborah Rolim (comunicação social). Na sequência, as psicólogas Thais Romano e Vanessa Strauss debateram sobre as particularidades do processo de alfabetização. A última palestra, “Desafios da Multidisciplinaridade e Intervenção”, contou com falas do educador físico Marcio Saviolli e da fonoaudióloga Jullie Lima.

Veja abaixo as fotos do evento. E se quiser saber mais sobre Autismo, conheça os cursos EAD do Instituto Pensi e as nossas cartilhas.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *